Categorias
Segurança

Saiba tudo sobre extintores de incêndio no condomínio

Manter a segurança do condomínio é parte fundamental do trabalho do síndico.  Além de obras e manutenções, os extintores de incêndio devem estar em dia para poderem ser utilizados em caso de acidentes.

Confira tudo o que precisa ser feito em relação aos extintores de incêndio do condomínio.

Vistoria do corpo de bombeiros

Para que o condomínio esteja em dia com a legislação, é obrigatório que seja realizado um Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB). Nessa vistoria, serão avaliadas, além dos extintores, as condições da escada de incêndio, bem como luzes, portas antifogo e sinalizações de emergência.

O Corpo de Bombeiros também é responsável por definir quantos extintores de incêndio devem estar disponíveis no prédio. O ideal é que haja um por andar, e que o morador não precise se deslocar mais do que 30 metros para alcançar o equipamento.

Manutenção

A manutenção dos extintores consiste em verificar a validade, a pressão e a carga. Para os extintores de CO², a inspeção deve acontecer a cada seis meses. Para os demais, a indicação é de uma inspeção especializada ao ano. As mangueiras também precisam passar por verificação a cada cinco anos.

Em caso de retirada do equipamento para manutenção, é imprescindível que outro extintor fique no lugar. O condomínio não pode ficar sem extintores à disposição dos moradores.

Cuidados

É importante que o extintor de incêndio esteja bem sinalizado, visível e sem nenhum obstáculo que impeça ou dificulte o acesso do morador. Por isso, o ideal é delimitar o espaço exclusivo do extintor, proibindo que qualquer objeto seja colocado nas proximidades, como latas de lixo, carrinhos de compras, carros ou bicicletas.

Descarte correto

Caso o extintor seja totalmente utilizado ou esteja fora do prazo de validade, deve ser descartado corretamente. A indicação é levá-lo até um ponto de revenda, onde será recolhido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado para uma empresa especializada no descarte. Jamais jogue o equipamento no lixo comum.

Para mais dicas de segurança no condomínio, acesse nosso blog.

Categorias
Segurança

Como deixar o playground mais seguro para as crianças

Para famílias com filhos, o playground é uma das áreas mais importantes do condomínio, afinal, além do lazer, é um ótimo momento para socializar com outras crianças e pais. Mas de quem é a responsabilidade caso alguém se machuque no parquinho? O comprometimento com os filhos é inteiramente dos pais, porém, se o acidente for causado por falta de manutenção nos brinquedos, o condomínio pode sim ser responsabilizado.

Para evitar os machucados, o síndico deve cuidar da segurança do playground. Separamos algumas dicas de como deixar o playground mais seguro para as crianças, confira:

Piso emborrachado ou de grama sintética

Crianças gostam de correr e pular, por isso, um piso que evite machucados nas quedas é fundamental. Dê preferência ao EVA ou a grama sintética, ao invés de lajotas, por exemplo. Areia também é uma opção.

Brinquedos de plástico, com pontas arredondadas

Alguns brinquedos podem ser feitos de madeira, o que pode facilitar um acidente caso haja uma farpa, ponta aguda ou rachadura. Por isso, prefira brinquedos de plástico.

Sinalização de idade mínima e máxima permitida nos brinquedos

Dependendo da altura dos brinquedos, é recomendável que o condomínio sinalize a idade mínima para frequentar o parquinho sem o acompanhamento de um responsável. A partir dos seis ou sete anos, a criança já se torna mais responsável e tende a correr menos riscos. A idade máxima também ajuda a evitar acidentes entre os usuários, que normalmente é estabelecida em 12 ou 13 anos.

Manutenção mensal do parquinho

Para manter a segurança do playground, é necessário verificar as instalações mensalmente para se assegurar que não há nada quebrado, rachado ou perigoso.

Interdição em caso de obras ou reformas

Em caso de obras no parquinho ou em volta, interditar o playground ajuda a evitar acidentes mais graves, já que peças de construção podem cair no espaço das crianças, como pregos e pedaços de entulho. Depois das obras, realize uma limpeza e cuidados no local.

Cuidado com as outras áreas comuns

Outras áreas de lazer comum do condomínio também precisam de cuidados especiais: grades em volta da piscina, proteção nos ralos e pisos antiderrapantes ajudam a prevenir acidentes graves.

Saiba mais notícias e dicas em nosso blog.

Categorias
Dia a Dia Segurança

3 investimentos no condomínio que valem a pena

Um erro bastante comum na administração de condomínios é confundir investimento com gasto. Muitas vezes, para evitar reclamações dos moradores, o síndico decide não realizar determinado serviço ou manutenção, porém, esse comportamento pode causar inúmeros problemas a médio e longo prazo.

Confira abaixo três ações que, ao serem tomadas, podem melhorar o dia a dia do seu condomínio.

1 – Impermeabilização

Infiltrações e vazamentos são duas das principais reclamações dos condôminos. Para evitar esses problemas, é crucial que seja feita uma impermeabilização, técnica que tem como objetivo proteger as diversas áreas do imóvel contra a ação de águas, sejam elas de chuva, lavagem, banhos etc.

2 – Geradores

Geradores garantem comodidade e segurança durante as quedas de energia, também chamadas de “apagões”. Esses aparelhos não costumam ser baratos, entretanto, são imensamente úteis para os moradores. Um equipamento de 85 KVA, por exemplo, custa cerca de R$60 mil, mas suporta o uso de elevadores, garante que as luzes das áreas comuns permaneçam acesas e que os portões elétricos sejam abertos.

3 – Para-raios

Os condomínios que não têm para-raios correm o sério risco de ter altos prejuízos, já que passam a ficar sujeitos à queima de equipamentos, danos na estrutura do edifício, acidentes, choques elétricos e, em caso mais sérios, óbitos. Nesses casos, o síndico pode ser responsabilizado por negligência e o seguro do condomínio é invalidado. Por isso, é extremamente importante investir em para-raios.

Dúvidas sobre a administração do seu condomínio? Fale conosco: (41) 3224-3794