Categorias
Contas

Dicas para garantir a economia de energia no seu condomínio

Não é novidade para ninguém: a chegada do inverno representa um aumento no consumo de energia, especialmente dos condomínios. Mas, diante do cenário atual, com o combo estiagem e aumento das tarifas, é preciso ficar de olho no consumo de energia e se esforçar para reduzi-lo o máximo possível. A boa notícia é que com atitudes simples tanto pelos síndicos, como pelos condôminos é possível reduzir oconsumo de energia e garantir uma tarifa mais baixa no final do mês. Confira no artigo de hoje, algumas dicas para garantir a economia de energia no seu condomínio.

Substitua as lâmpadas fluorescentes por lâmpadas LED

Você sabia que as lâmpadas de LED reduzem o consumo de energia a 50%? Além disso, as lâmpadas de LED têm uma duração maior do que as lâmpadas incandescentes, cerca de 8 anos em média, e de 25 mil horas, enquanto as lâmpadas comuns duram, em média, de 6.000 a 10.000 horas (cerca de 3 anos).

Outra vantagem é que o investimento em LED se paga em pouco tempo. Como a lâmpada dura milhares de horas, evita-se o desperdício na troca da iluminação e há menos gastos com mão de obra, em geral.

Invista em sensores de iluminação

Para os locais em que o fluxo de pessoas não é constante, como corredores e escadas de emergência, por exemplo, existe a opção de instalação de sensores para a iluminação do ambiente somente quando alguém estiver nele. A simples troca desses componentes já fará uma grande diferença em relação aos gastos com energia no seu condomínio.

Promova programas de incentivo

Em alguns condomínios, já é possível observar a criação de programas de incentivo e até mesmo a oferta de uma recompensa ou desconto para os blocos que conseguirem economizar, por exemplo, x% durante meses determinados. Desta forma, com a divulgação dos resultados, as ações se tornam um hábito entre os condôminos, gerando também maior conscientização tanto para os funcionários quanto para os moradores.

Chame um elevador por vez

Os elevadores são responsáveis por grande parte do consumo de energia dos condomínios. Mas, quem nunca saiu apertando os botões dos elevadores no intuito de chegar mais rápido? O “hábito” acaba exigindo maior energia, tornando o gasto desnecessário. Por isso, sempre vale a orientação do síndico aos moradores. Outra dica é desligar um dos elevadores em horários de menor movimento, como nas madrugadas.

Atitudes dos condôminos

Por fim, é fundamental que os condôminos também façam a sua parte. Atitudes simples como apagar as luzes ao sair do cômodo, manter aparelhos desligados quando não utilizados, investir em eletrodomésticos com consomem menos energia, reduzir o tempo de banho, juntar mais roupas ou louça para acionar a máquina de lavar e evitar o desperdício, sem dúvidas farão uma grande diferença na economia de energia.

Veja também: Economia de água em condomínios: conheça algumas dicas para incentivar o consumo consciente!

Precisando de ajuda? Entre em contato com quem entende de receita garantida!

Categorias
Dia a Dia

Dicas para ajudar a organizar a rotina de recebimento e entregas de encomendas do seu condomínio

A pandemia do Coronavírus trouxe consigo a mudança de muitos hábitos, especialmente relacionados ao consumo. Segundo dados de estudo da Ebit/Nielsen, a digitalização de negócios e a adesão do consumidor ao e-commerce resultaram em 13 milhões de novos compradores em 2020. Os Correios tiveram o maior resultado da empresa dos últimos dez anos. Já os síndicos profissionais afirmam que, em média, o crescimento de encomendas e delivery aumentou entre 40% e 70%, dependendo do condomínio.

Diante do crescimento deste tipo de serviço, a Garante trouxe algumas dicas para ajudar a organizar a rotina de recebimento e entregas de encomendas do seu condomínio.

Defina processos e procedimentos sobre entregas das encomendas

Embora em muitos condomínios já existem normas sobre o recebimento de produtos, é importante que o síndico defina em assembleia junto aos moradores quais serão os procedimentos e normas adotadas em relação às entregas (encomendas, deliverys ou mesmo correspondências simples).

Para condomínios com portaria, uma dica é que o responsável pelo recebimento avise o morador sobre a encomenda e estipule um prazo para retirada, diminuindo as chances de extravio.

Outra dica seria disponibilizar uma gaveta ou aberturas nas portas específicas para este fim.

Efetue o registro da encomenda em caderno de protocolos

Tenha o hábito de efetuar o registro da encomenda no ato do recebimento. Utilize o caderno de protocolo fazendo as anotações sobre o item/identificação, a data da entrega e o nome do morador que retirou por extenso.

Evitar a guarda de grandes volumes

Quando há entrega de grandes volumes como móveis, eletrodomésticos e colchões, por exemplo, o ideal é que o morador combine com a empresa responsável o melhor dia e horário para receber a mercadoria. Por isso, ressaltamos, mais uma vez, a importância de tais informações e normas estarem descritas nas regras internas do condomínio.

Entretanto, caso o morador não esteja na residência para o recebimento da entrega, o ideal é que o responsável faça a retirada do mesmo num prazo de até 24 horas, sob o risco de receber advertência ou multa em caso de ultrapassar o prazo, conforme regimento interno.

Treinamento de porteiros e funcionários

Com o processo registrado no regimento interno, é necessário que o síndico ou gestão condominial repasse as informações e procedimentos aos porteiros ou funcionários que ficarão responsáveis pela tarefa de receber as encomendas. Algumas informações que devem fazer parte da rotina desses profissionais são:

Haverá horário estipulado para recebimento e entrega das mercadorias?

De que forma deverá ser feito o registro das encomendas?

Onde será feita a armazenagem dos itens?

Quais os prazos estabelecidos para retirada?

Informe aos moradores sobre as regras

Assim como qualquer norma, é imprescindível que os moradores tenham conhecimento sobre os procedimentos da rotina de recebimento e entregas de encomendas do seu condomínio.

Como você pode acompanhar neste artigo, algumas dicas simples podem ajudar a organizar este serviço, evitando possíveis extravios e tornando essa responsabilidade menos exaustiva aos porteiros ou encarregados pela função.

Esperamos que as nossas dicas tenham sido úteis para evitar os problemas frequentes com as entregas no condomínio e preservar o bom convívio entre todos.Acompanhe no blog da Garante outras dicas e novidades sobre o setor.

Categorias
Dia a Dia

Garantidora de condomínio: 5 dúvidas mais comuns

Quando o assunto é a administração de condomínios, os síndicos buscam soluções efetivas para lidar com os desafios da gestão condominial, afinal, uma das principais preocupações é a inadimplência. Segundo dados do Sindicato da Habitação e Condomínios do Paraná (Secovi-PR), o índice de inadimplência no pagamento de condomínio em Curitiba chega a 20%.

Neste cenário de altos índices de inadimplência, um dos maiores desafios é manter a saúde financeira do condomínio em dia. Por esta razão, muitos síndicos e moradores escolhem contratar uma empresa garantidora de condomínio. Se você ainda não conhece todas as vantagens dessa parceria, vamos esclarecer as 5 dúvidas mais comuns sobre o tema.

1 Afinal, o que é uma garantidora de condomínio?

É comum ouvirmos falar das administradoras de condomínios que, em sua maioria, são responsáveis por gerir os serviços de limpeza, manutenção e segurança. No entanto, um grande fator por trás dessa administração é a gestão do fluxo de caixa. É justamente aí que entram em cena as garantidoras de condomínio.

Uma garantidora de condomínio é uma empresa que assume a cobrança da taxa condominial e repassa para o condomínio sempre 100% das receitas, independentemente da inadimplência. Ou seja, mesmo que algum morador deixe de pagar a taxa, o condomínio recebe o valor integral. Assim, o síndico tem a certeza de quanto vai entrar no fim do mês, tendo a garantia de cumprir o planejamento de obras e a previsão orçamentária de forma segura, além de proporcionar maior bem-estar aos moradores.

2 De que forma é realizado o trabalho de uma garantidora de condomínio?

Após a contratação de uma garantidora de condomínio, os boletos da taxa condominial passam a ser enviados por ela, bem como a cobrança dos valores atrasados.

Depois de receber os pagamentos dos condôminos, os valores são repassados integralmente ao condomínio, mesmo que haja alguma inadimplência por parte dos moradores.

E aqui está uma das grandes vantagens de se contratar uma garantidora de condomínio!

3 Como a garantidora faz a cobrança aos inadimplentes?

Aqui é importante ressaltar que todo o processo de negociação está previsto em lei, sempre prezando pela cordialidade para que a negociação aconteça de forma tranquila e amigável.

O primeiro passo é a notificação de atraso ao condômino. Caso ele não realize o pagamento, a garantidora entra em contato para uma negociação que esteja de acordo com a realidade financeira do morador e este consiga quitar a dívida.

Se após o contato não houver um acordo, a garantidora pode entrar com uma ação judicial de cobrança, da mesma forma que o condomínio faria.

Assim, como a garantidora é uma empresa especializada em cobranças e, por isso, exerce esse papel com muita eficácia, os síndicos se livram dessas preocupações e do desgaste emocional das cobranças, podendo focar em outros projetos do condomínio.

4 É possível adiantar as receitas futuras do condomínio?

A respostas é sim! No caso de emergências, por exemplo, ou sempre que o síndico julgar necessário, é possível solicitar a antecipação de receitas futuras.

Isso pode acontecer em casos de indenizações de funcionários, por exemplo, em que o condomínio é condenado a pagar uma indenização trabalhista, mas não dispõe do valor imediatamente.

Neste caso, a garantidora consegue antecipar o valor solicitado, que será cobrado de forma mais branda nas futuras parcelas do condomínio.

5 Por que contratar uma garantidora de condomínio

Como elencamos anteriormente, são inúmeras as vantagens de contratar uma garantidora. Além de trazer mais tranquilidade para a atuação dos síndicos, é uma forma segura de manter em dia o fluxo do caixa do condomínio.

Além disso, as relações internas entre síndicos e condôminos também se mantêm em equilíbrio, uma vez que não há o desgaste com as cobranças, ficando a cargo da garantidora.

Também é mais vantajoso para os condôminos negociarem diretamente com uma garantidora, uma vez que as multas e juros são bem menores.

Agora que já esclarecemos suas dúvidas sobre a atuação das garantidoras, chegou o momento de conhecer todas as vantagens da Garante Deodoro! 

Há 40 anos no ramo de garantia e antecipação de taxas condominiais, prezamos sempre por um relacionamento transparente com nossos clientes, com uma equipe técnica e jurídica, contando com um sistema de informação preciso e eficaz. Precisando de ajuda?

Entre em contato com quem entende de receita garantida!