Síndico recebe salário?

Síndico recebe salário?

O síndico é responsável por manter a ordem e a organização das questões relacionadas ao condomínio. Devido à responsabilidade inerente ao cargo, a pessoa escolhida para essa função precisa ter uma grande capacidade administrativa, além de um bom relacionamento interpessoal e muito comprometimento. A dúvida que fica é: síndico recebe salário?

A resposta direta para essa pergunta é: depende. Veja algumas situações:

Com a construção de condomínios maiores e, consequentemente, com mais moradores, as exigências para ser síndico aumentaram, bem como a complexidade de suas tarefas. Dessa forma, passou a ser necessária, muitas vezes, dedicação exclusiva à atividade de síndico, algo que antes não era preciso. Nesses casos, ser síndico se torna um trabalho como qualquer outro, e a pessoa deve sim receber um salário.

Porém, segundo a Lei do Condomínio, não há regras que dizem que o síndico deve receber salário e nem obrigatoriedade de remuneração. Por isso, é dever da Convenção do Condomínio estipular as condições de gratificação do cargo, que pode ser um salário mensal ou até mesmo a isenção das taxas condominiais.

Para qualquer um dos casos, lembramos que é obrigatória a aprovação e assinatura de ⅔ dos condôminos para qualquer determinação da Convenção entrar em vigor. Caso nenhum morador tenha interesse na função, é possível a contratação de um síndico profissional, que costuma receber, em média, entre cinco a seis salários mínimos.

Deixe um comentário

Assine nossa newsletter

Endereço

Rua Marechal Deodoro, 320 – Sala 301/2
Centro, Curitiba/PR – CEP 80.010-010