Quarentena no condomínio: confira os principais motivos de briga entre vizinhos

quaretena no condominio

Com as novas regras de isolamento social e quarentena indicadas em muitas cidades, os condomínios tiveram suas rotinas drasticamente afetadas. Desde o começo de março, os moradores passaram a ficar mais tempo em casa, seguindo recomendações de segurança, higiene e limpeza, e, consequentemente, convivendo mais com os vizinhos.

Ficar de quarentena no condomínio gerou uma convivência forçada que acabou afetando a harmonia entre os condôminos. No Rio de Janeiro, dados do Secovi Rio, sindicato que representa condomínios e imobiliárias do estado, apontou que as brigas entre vizinhos aumentaram 25% em abril. Em Curitiba, esse número chegou a 50%, segundo o Secovi PR. 

Entre os motivos de reclamação, o som alto é o principal deles. E as queixas aumentam ainda mais nos dias das lives, shows que estão acontecendo em transmissão ao vivo pela internet. Confira outros motivos de brigas durante a quarentena no condomínio:

Obras

Com mais tempo livre, alguns condôminos resolveram reformar algumas áreas da casa por conta própria. E o barulho constante de equipamentos tem incomodado muitos vizinhos. 

Uso de áreas comuns

Mesmo com a restrição do uso das áreas comuns, como piscina, parquinho e salão de festas, alguns moradores insistem em não seguir as regras. 

Novas regras para delivery

Com o aumento das atividades de delivery para condomínios, alguns síndicos também precisaram estabelecer novas regras, como impedir a entrada de entregadores no prédio. Mas, assim como no uso das áreas comuns, alguns moradores não respeitam as decisões.

Crianças

Com escolas e creches fechadas, os vizinhos precisaram se acostumar com um novo barulho: o de crianças em casa. Gritos e choros constantes também viraram motivo de reclamação durante o período de quarentena no condomínio. 

Lixo 

Com mais pessoas em casa, a quantidade de lixo também aumentou. A superlotação das lixeiras comuns ou a presença de sacolas de lixo em lugares indevidos, como nos corredores e escadas, também gerou discussões.

Dicas para evitar brigas durante a quarentena no condomínio

Para que a convivência possa voltar ao normal dentro dos condomínios, algumas regras devem ser seguidas por todos, moradores, funcionários e síndicos.

  • Respeite as novas regras de convivência. Elas foram impostas pensando na segurança e no bem-estar de todos;
  • Síndico, deixe as novas regras bem claras aos moradores. Envie comunicados por e-mail, WhatsApp, coloque cartazes no elevador e nas áreas comuns;
  • O respeito e o bom senso são fundamentais. Antes de fazer uma reclamação, reflita: eu estou mesmo incomodado ou só não estou acostumado com esse comportamento do meu vizinho?
  • Para evitar o excesso de trabalho, o síndico pode, e deve, estabelecer um horário em que está disponível para falar com os moradores;
  • Notificações e multas podem ser um bom recurso no caso do descumprimento de regras essenciais, como o descarte do lixo no lugar certo e respeito às normas para delivery.

Lembre-se, estamos todos nos habituando a esse cenário. Paciência, cordialidade e respeito são fundamentais. 

Deixe um comentário

Assine nossa newsletter

Endereço

Rua Marechal Deodoro, 320 – Sala 301/2
Centro, Curitiba/PR – CEP 80.010-010