Categorias
Profissionais

Manutenção predial: o que analisar para evitar problemas futuros

A administração de prédios não é uma tarefa que pode ser realizada por qualquer um. Quando tratamos de questões de segurança, as consequências de uma boa gestão envolvem a manutenção predial e qualquer aspecto que reflita na qualidade e saúde de um condomínio. 

Para evitar problemas futuros, existem algumas situações que merecem visibilidade na hora da busca por imperfeições e ocorrências que podem gerar dores de cabeça. Com isso, a Garante Deodoro separou alguns tópicos que merecem atenção, confira!

O que é a manutenção predial e tipos de falhas

Considerada um item essencial para prédios e edifícios comerciais, a manutenção predial é um serviço que tem como objetivo garantir a segurança, a confiabilidade e a conservação das edificações.

Auxiliando na prevenção desses edifícios, esse sistema busca atender às premissas de segurança para não colocar seus usuários em situações de risco.

As falhas podem ser:

Críticas – quando há danos à saúde e à segurança de clientes, funcionários e/ou ao meio ambiente e exigem intervenção imediata.

Regulares – quando há perda de funcionalidade sem prejuízo à operação direta de sistemas e desempenho, requerendo programação e intervenção em curto prazo;

Mínimas – quando há pequenos prejuízos à estética ou à atividade programável e planejada, com intervenção em médio prazo.

Tipos manutenção predial:

Manutenção preventiva: o objetivo é evitar que os problemas apareçam mais tarde, com inspeções periódicas;

Manutenção corretiva: é realizada depois que o problema já apareceu;

Manutenção preditiva: começa antes da preventiva, com a máxima atenção para identificar sinais de anomalias a qualquer momento, mesmo antes dos períodos de inspeção predeterminados. 

Confira o que analisar em cada tipo de manutenção para evitar problemas futuros

Primeiramente, devemos intensificar a importância de inspeções de rotina para checar as condições de cada elemento do imóvel, pois a verdadeira manutenção predial começa antes do contato com a empresa de reparações. 

Dito isso, é preciso ficar atento e analisar pequenos reparos, sejam eles elétricos, hidráulicos ou de outras naturezas e zelar pelo bom uso dos equipamentos e instalações, prevenindo assim problemas com o tempo.

Preventiva:

  • Instalações elétricas e hidráulicas;
  • Instalações de elevadores, gás e integridade geral da cobertura;
  • Sistemas e equipamentos de segurança de áreas comuns da edificação.

Corretiva 

  • Rachaduras e fissuras na estrutura do empreendimento;
  • Vazamentos de água ou gás;
  • Impermeabilização após a detecção de infiltrações;
  • Peças de elevador que teve seu funcionamento prejudicado.

Preditiva

  • Estado real das instalações: é realizado apenas por empresa especializada através de metodologias com ultrassom, câmeras termográficas e sistemas de vibração. 

Para uma manutenção predial eficiente, esteja atento e analise o tipo de manutenção que o seu prédio precisa, desenvolva um planejamento detalhado para cada manutenção que será realizada e entre em contato com uma empresa certificada.

Veja também: Tendências para o mercado condominial do futuro pós-pandemia

Sua gestão precisa de ajuda? Contrate os serviços da Garante Deodoro e descomplique!